Revista Brasileira de Gestao Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412)


Home > Instruções para Autores

 

Instruções para Autores

 

Os autores são recomendados a seguirem essas orientações para que o artigo seja publicado com maior rapidez. Se essas orientações não forem seguidas, o artigo poderá retornar para a realização das modificações requeridas. O processo de revisão editorial não se inicia até o artigo ser revisado pelos autores adequando-o às normas da revista.

Nota: A revista não pode processar arquivos maiores que 10 Mb. Se existem imagens ou gráficos com alta resolução, por favor converta-os para arquivos comprimidos JPEG.


Tipos de Artigos


Artigos de Pesquisa Original: Este deve descrever novos achados cuidadosamente analisados, com suas conclusões, apoiados e confirmados em procedimentos experimentais. Os artigos devem apresentar detalhes suficientes para que outros possam verificar o trabalho. O artigo completo deve ser conciso, com tamanho necessário para descrever e interpretar os achados de forma clara. Incluir no trabalho conjunto de três a cinco Palavras-chave, um sumário, resumindo o artigo, e seu respectivo Abstract, em inglês, com três a cinco Keywords, seguido de Introdução, Material e métodos, Resultados, Discussão, Conclusões, Agradecimentos (opcional), Declaração de conflitos de interesse e Referências.

Comunicação: Este deve apresentar um estudo conciso, ou às vezes preliminar, mas inovadora. É a constatação de pesquisa que pode ser menos importante do que um trabalho de pesquisa completo. Este tipo de artigo é limitado a 3.000 palavras (excluindo referências e resumo). As seções principais não precisam estar em conformidade com artigos de trabalho completo. Ele deve ter um conjunto de três a cinco Palavras-chave, Resumo, sumarizando os achados da pesquisa, e seu respectivo Abstract e três a cinco Keywords, em inglês, seguido de Introdução, Material e métodos, Resultados, Discussão, Conclusões, Agradecimentos (opcional), Declaração de conflitos de interesse e Referências.

Revisão ou Mini-Revisão: Um artigo de revisão normalmente apresenta um Resumo, um conjunto de três a cinco Palavras-chave, um Abstract, um conjunto de três a cinco Keywords e avaliação crítica das informações que já foram publicados, e considera o progresso da pesquisa atual no sentido de esclarecer um problema declarado ou tópico. Submissões de comentários e perspectivas que cobrem temas de interesse atual são bem-vindos e devem ser autoritário. Comentários devem ser concisos, não superior a sete páginas impressas.


Formato


Os manuscritos devem:

• Estar escrito em Português, Espanhol ou Inglês.
• Estar baseado nessas instruções.
• Empregar itálico ou negrito, ao invés de sublinhado, para enfatizar um texto ou palavra.
• Integrar figuras, gráficos e tabelas dentro do texto (sem flutuar ou vincular).
• Apresentar o nome completo de cada autor (e.g. Ronilson José da Paz), sem abreviar.
• Apresentar a afiliação de cada autor, com os respectivos endereços e e-mails.
• Se não for informado, os editores assumirão que o primeiro autor é o responsável pelo artigo.


Apresentação do Artigo


Normalmente artigos de pesquisa deve ser apresentado da seguinte maneira:

Título: Deve transmite a natureza do artigo, não exceder 44 palavras.
Resumo: Deve ser curto (não excedendo 500 palavras), incluindo os objetivos, métodos, resultados, discussão e conclusão, sem apresentar referêcias bibliográficas.
Palavras-Chave: Até cinco palavras essenciais.
Abstract: é a versão do resumo no idioma inglês.
Key Words: São as Palavras-chave traduzidas para o idioma inglês.
Introdução: Deve estabelecer a relevância da pesquisa ou a posição assumida pelo autor. A revisão da literatura deve ser fornecida aqui ou como uma seção separada.
Materiais e métodos: Deve descrever e justificar a abordagem e demonstrar rigor.
Resultados: Descreve os resultados e sua relevância, tanto quanto possível.
Discussão: Deve fornecer suporte para o argumento, incluindo idéias centrais para as premissas apreentadas, a oposição à argumentação e ramificações. Limitações também devem ser discutidas.
Conclusões: Devem ser curtas e concisas, sumarizando a essência dos resultados.
Agradecimentos: (Se houver) de pessoas, subvenções, fundos, etc. Deve ser breve no final do artigo e antes da Declaração de conflitos de interesses.
Declaração de conflitos de interesse: Todos os conflitos de interesse devem ser declarados no e-mail que enviar o artigo.
Referências: É necessário o uso prudente de referências, obedecendo o estilo seguido pela revista.

Tabelas
As tabelas devem:

• Ser integradas ao doucmento submetido.
• Ter a legenda acima da tabela.
• Podem ser submetidas como imagem.
• Legendadas com todas as unidades de medida (unidades métricas).
• Citadas no texto como Tabela 1, ou (Tabela 1).


Figuras, Fotos, Ilustrações, Gráficos
As figuras, fotos, ilustrações gráficos devem ser submetidas como imagens devem ser:

• De qualidade reproduzível e deve ter uma resolução mínima de 300 dpi.
• Estar também integrada ao documento submetido no local apropriado.
• Acompanhada por uma legenda clara.
• Apresentada com unidades métricas.
• Estar com a legenda abaixo das figuras.
• Citadas no texto como Figura 1, ou (Figura 1).

Unidades e Abreviaturas
Use itálico para palavras que não estejam em português, exceto em nomes próprios. Abreviaturas incomuns devem ser evitadas, mas se essencial devem ser definidas após a sua primeira menção. Apenas o Sistema Internacional de Unidades (SI) deve ser usado.

Fórmulas Químicas e Equações
As fórmulas químicas e equações devem ser enviadas como figuras. Equações simples (uma linha), se possível, devem ser digitadas no texto (neste caso, use a barra "/" para os pequenos termos fracionários). Equações complexas devem ser enviadas apenas como figuras. Não incorporar no texto equações do Microsoft© Mathematics™ Equations, Microsoft© Equation e do Office™ 2007/2010 ou qualquer outra equação proveniente de ferramentas do editor de texto que você usa.

Referências
Todas as referências devem ser citadas no artigo e aderir aos exemplos dados abaixo. As referências devem ser citadas no texto pelo sobrenome do(s) autor(es) e da data de publicação (Hale, 1929), colocando uma vírgula antes da data. Para artigos com dois autores, separe os nomes dos autores com um "e" (Press e Rybicki 1992). Artigos com três ou mais autores são citados pelo primeiro autor seguido de "et al.", vírgula e a data (Goodman et al., 2003).

As citações pelo nome e ano podem ser dadas inteiramente em parênteses ou citando o ano entre parênteses após o nome do autor ao longo do texto. Seguir o seguinte uso:

a) Um autor: Donoso-Barros (1966) ou (Donoso-Barros, 1966).
b) Dois autores: Brown e Aaron (2001) ou (Brown e Aaron, 2001).
c) Mais que dois autores: Oliveira et al. (2014) ou (Oliveira et al., 2014).
d) Letras são usadas para distinguir referências de citações idênticas (e.g., Miller 1998a, b).
e) Não repitir os nomes dos autores de múltiplas citações (e.g., Miller, 1998a, 2001; Miller and Smith, 2001, 2005).

Exemplos do estilo da Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412) são mostrados abaixo. Certifique-se de que o estilo de referência está sendo seguido com precisão; se as referências não estiverem no estilo correto, elas devem ser digitados novamente e cuidadosamente revisadas.

Artigo dentro de uma revista
Oliveira, I. B.; Bicudo, C. E. M.; Moura, C. W. N. Desmids (Desmidiaceae, Zygnematophyceae) with cylindrical morphologies in the coastal plains of Northern Bahia, Brazil. Acta bot. bras., v. 28, p. 17-33, 2014.
Paz, R. J. Alguns Parâmetros Limnológicos Básicos da Lagoa do Parque Solon de Lucena (João Pessoa-PB, Brasil). Tecnologia e Ciência, João Pessoa, v. 6, p. 69-73, 1996.

Capítulo de Livro ou um Artigo dentro de um Livro
Brown, B.; Aaron, M. The politics of nature. In: Smith, J. (Ed.). The rise of modern genomics. 3. ed. New York: Wiley, 2001. p. 234–295.
Paz, R. J.; Nascimento, M. S. V. Licenciamento da Carcinicultura na Apa da Barra do Rio Mamanguape, Rio Tinto, Paraíba. In: Paz, R. J.; Farias, T. (Ed.). Gestão de Áreas Protegidas: Processos e Casos Particulares. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 2008. p. 163-191.

Livro Completo com Autoria
Donoso-Barros, R. Reptiles de Chile. Santiago: Ediciones de la Universidad de Chile, 1966.

Livro Completo com Editor, Organizador ou Coordenador
Paz, R. J.; Luna, R. G.; Farias, T. (Org.). Gestão Ambiental: O Caminho para a Sustentabilidade. João Pessoa: Ed. Universitária/UFPB, 2010.
Smith, J. (Ed.). The demise of modern genomics. London: Blackwell, 2001.

Capítulo de Livro em uma Série sem Título de Volume
Schmidt, H. Testing results. In: Hutzinger, O. (Ed.). Handbook of environmental chemistry. Heidelberg: Springer, 1989. v. 2E. p. 111.

Anais de Eventos Científicos como Livro (em uma séries e subsérie)
Zowghi, D. A framework for reasoning about requirements in evolution. In: Foo, N. and Goebel, R. (eds) PRICAI'96: topics in artificial intelligence. 4th Pacific Rim conference on artificial intelligence, Cairns, August 1996. Lecture notes in computer science (Lecture notes in artificial intelligence). Heidelberg: Springer, 1996. v. 1114. p. 157.

Artigo dentro de Anais de Eventos Científicos com an editor (sem publicador)
Aaron, M. The future of genomics. In: Williams, H. (Ed.). Proceedings of the genomic researchers. Boston, 1999.

Artigo dentro de Anais de Eventos Científicos sem editor (com publicador)
Chung, S.-T. and Morris, R. L. Isolation and characterization of plasmid deoxyribonucleic acid from Streptomyces fradiae. In: Abstracts of the 3rd international symposium on the genetics of industrial microorganisms. Madison: University of Wisconsin, Madison, 4-9 June 1978.

Artigo apresentado em uma conferência
Chung, S.-T. and Morris, R. L. Isolation and characterization of plasmid deoxyribonucleic acid from Streptomyces fradiae. Paper presented at the 3rd international symposium on the genetics of industrial microorganisms. Madison: University of Wisconsin, Madison, 4-9 June 1978.

Legislação
Brasil. Leis, decretos, etc. Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9605.htm>. Acesso em: 26 abr. 2014.
Brasil. Leis, decretos, etc. Resolução CONAMA no 237, de 19 de dezembro de 1997. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res97/res23797.html>. Acesso em: 26 maio 2014.

Patente
Norman, L.O. Lightning rods. US Patent 4,379,752, 9 Sept 1998.

Tese, Monografia, Dissertação
Tannus, J. L. S. Estudo da vegetação dos campos úmidos de cerrado: Aspectos florísticos e ecológicos. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2007. (Tese de doutorado).

Livro com autor institutional
International Anatomical Nomenclature Committee. Nomina anatomica. Amsterdam: Excerpta Medica, 1966.

Documento Online
Cell: definition of cell in Oxford dictionary (British & World English). In: Oxford dictionary. 2014. Oxford University Press. Disponível em: <http://www.oxforddictionaries.com/definition/english/cell?q=Cell>. Acesso em: 15 fev. 2014.
Haemig, P. D. The value of wolves. ECOLOGY.INFO, 35, 2013. Disponível em: <http://www.ecology.info/wolf.htm>. Acesso em: 26 ago. 2014.

Os nomes das revistas podem ser abreviados de acordo com a ISSN List of Title Word Abbreviations.


Identificação de Espécies Biológicas


Os autores devem identificar um organismo vivo por seu nome científico completo na primeira vez que é mencionado no artigo. Para esta revista, os nomes científicos completos para animais incluem gênero, espécie, autoria e data. Por exemplo, após a primeira menção do caracol gigante africano em um artigo, o autor deve escrever Achatina fulica Bowdich, 1822. Para a cobra-coral falsa, a referência seria Micrurus potyguara Pires et al., 2014. Como alternativa, pode-se colocar o nome científico após o nome comum ou vernacular, como segue coelho (Oryctolagus cuniculus (Linnaeus, 1758)), peixe-boi-marinho (Trichechus manatus Linnaeus, 1758). Nomes de subgêneros e subespécies só devem ser mencionados se forem realmente necessários para o entendimento do artigo.

Os nomes completos para as plantas incluem gênero, espécie e autoria. Por exemplo Tradescantia zebrina Heynh., Aspidosperma pyrifolium (Mart) or Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz.

Após a primeira menção, uma espécie deve ser identificada apenas pela primeira inicial do gênero e o epiteto específico. Por exemplo, depois de mencionar a primeira vez, o caracol gigante africano deve ser identificado como A. fulica. As exceções incluem listas de espécies do mesmo gênero e vários nomes de gêneros começando com a mesma letra.

As nomenclaturas mais atuais podem ser encontradas no Código Internacional de Nomenclatura de Bactérias Codigo Internacional de Nomenclatura de Bacterias, para os Prokaryotes, no Tropicos® Tropicos(R) ou no Germplasm Resources Information Network - GRIN Germplasm Resources Information Network - GRIN, para os nomes das plantas, no Código Internacional de Nomenclatura de Plantas Cultivadas Codigo Internacional de Nomenclatura de Plantas Cultivadas, para as plantas cultivadas, e no Código Internacional de Nomenclatura Zoológica Codigo Internacional de Nomenclatura Zoologica para os animais.

Os autores devem citar as instituições onde o material biológico coletado foi depositado. Especialmente no caso das plantas, é necessário também mencionar o número do coletor ou o número de depósito de cada espécime.

Os autores também deve indicar o número da licença para coleta de material biológico para pesquisa científica, no Sistema de Autorização e Informação em Biodiversidade (Sisbio), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), quando necessário.

A Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412) não publica trabalhos que incluam descrição de novas espécies de grupos taxonômicos em que o Código de Nomenclatura requer cópias impressas. Os autores são responsáveis por verificar os requisitos específicos do Código de Nomenclatura do organismo que estão trabalhando. Se o seu grupo taxonômico exige cópias impressas de sua publicação você deve procurar outra revista para submeter o seu artigo.


Permissão para Reprodução de Material


Permissão por escrito para reprodução de material emprestado, como ilustrações, tabelas ou fotografias devem ser obtida a partir dos editores originais e apresentada juntamente com o manuscrito. O material emprestado deve ser reconhecido: "Reproduzido com autorização de ... (editores) ... a partir de ... (referência)".


Checklist para Submissão


Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade com todos os itens a seguir, e as submissões podem ser devolvidas aos autores que não seguirem estas orientações.

1. O artigo não foi publicado anteriormente, nem apresentado para outra revista para apreciação (ou uma explicação foi dada em Comentários ao Editor).
2. O arquivo submetido está no formato de arquivo de documento DOC ou RTF do Microsoft Word e com uma versão em formato PDF.
3. Quando disponível, URL para as referências devem ser fornecidas.
4. O texto está em espaço simples; usa fonte Times New Roman, tamanho 12; emprega itálico ou negrito, ao invés de sublinhado (exceto em endereços URL), para dar ênfase; e as figuras e tabelas estão colocadas dentro do texto nos locais apropriados.
5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos nas Orientações para Autores.
6. Foi indicado um revisor, que poderá ou não ser contactado pelos editores da revista.


Submissão


A submissão de um manuscrito à Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412) é entendida como não ter sido previamente publicado, mesmo em outro idioma (exceto sob a forma de um resumo ou como parte de uma palestra publicada, ou tese) e que não está sendo considerado para outra publicação.

O manuscrito deve ser enviado por e-mail para o endereço editor.rbgas@gmail.com. Após o recebimento da submissão do manuscrito, o Editor-Chefe envia um e-mail de confirmação para o(s) autor(es) correspondente(s) no prazo de um a dois dias úteis. Na ausência de um e-mail de confirmação, é aconselhável entrar em contato com a Comissão Editorial, através do e-mail editor@revista.ecogestaobrasil.net.

A responsabilidade pela exatidão do conteúdo do manuscrito encontra-se inteiramente com os autores.


Formatos dos Arquivos


Os formatos de arquivo aceitáveis para o manuscrito são docx ou doc, compatível com editores de texto OpenOffice e LibreOffice/BrOffice.

Conflitos de Interessse


Todos os conflitos de interesse devem ser declarados no e-mail que enviar o artigo.


Revisão pelo Pares


Para todos os trabalhos acadêmicos submetidos, a Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412) adere a uma política de revisão duplo-cego rigorosa na qual as identidades tanto do revisor quanto do autor são sempre ocultas de ambas as partes. Resenhas e ensaios práticos são avaliados pelos editores da revista e podem ser publicados sem ter sido submetidos ao processo de revisão por pares acadêmicos. Artigos com base na prática são revistos por dois profissionais para garantir a sua qualidade e relevância.

Todos os manuscritos são revisados inicialmente pelos editores da revista. Se eles são considerados dentro dos objetivos e escopo da Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412), os manuscritos acadêmicos são então enviados para revisão externa. Cada manuscrito é revisado por pelo menos dois revisores. Os revisores normalmente respondem dentro de dois meses e uma decisão editorial é feita assim que ambos os relatórios são recebidos.


Sugestão de Revisores


Os autores podem enviar sugestões de colaboradores para avaliar os manuscritos. Devem ser fornecidas as seguintes informações: nome, endereço de e-mail e instituição de origem.


Transferência de Direitos Autorais


Todos os arquivos aceitos para publicação na Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412) apenas serão publicados após a assinatura do Termo de Transferência de Direitos Autorais por todos os autores.

Termo de Transferência de Direitos Autorais

"O(s) autor(es) abaixo-assinado(s) afirma(m) que o artigo que está sendo submetido é original, não infringe leis de direitos autorais ou quaisquer outros direitos de propriedade de terceiros, não foi publicado anteriormente, e não está sendo considerado para publicação em outro lugar. Os autor(es) confirma(m) que a versão final do manuscrito foi revisto e aprovado por todos os autores. Todos os manuscritos publicados são de propriedade permanente da Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (ISSN 2359-1412) e não pode ser publicado sem autorização por escrito de seus editores."

Artigo No ____________

Título do Artigo:

"____________________________________________________________________"

Nome(s) do(s) autor(es)                           Assinatura(s)

_________________________________      ___________________________________

_________________________________      ___________________________________

_________________________________      ___________________________________



Data: ____/_________/_________


Ética


Quando o estudo, descrito no manuscrito, estiver relacionado com as experiências realizadas com os seres humanos e/ou animais, o(s) autor(es) deve(m) informar, no texto, se o projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da instituição, de acordo com a Declaração de Helsinki.

Estudos experimentais envolvendo animais devem seguir as diretrizes estabelecidas pelo "Manual de Cuidados e Procedimentos com Animais de Laboratório", do Biotério de Produção e Experimentação, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas e Instituto de Química, da Universidade de São Paulo, e os "Princípios Éticos de Experimentação Animal", do Colégio Brasileiro de Experimentação Animal.


Evitando plágio


Todos os manuscritos submetidos à Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade são checados para verificar a prática de plágio, usando o Sistema Doc x Web.

As seguintes práticas são consideradas inadequadas na reutilização de material bibliográfico (plágio):

• Copiar ipsis litteris (palavra por palavra) frases ou trechos de outros autores, publicados ou não, ou modificar apenas ligeiramente, sem reconhecer o autor original.
• Reutilizar textos próprios anteriormente publicados, sem citação ou apresentar o mesmo artigo já anteriormente encaminhado para outra revista (auto-plágio).
• Não mencionar e/ou não reconhecer a citação ou permissão para reproduzir emprestado ideias substancialmente semelhantes, conteúdo, tabelas ou ilustrações, que tenham sido publicados ou tenham direitos autorais por outrém.
• Usar resumo de um documento que contém as ideias ou apresenta a essência de um argumento em linguagem que se condensa e comprime a língua original da fonte primária sem reconhecer o autor da obra.
• Usar o método copiar e colar (Ctrl-C - Ctrl-V), onde pedaços de outros artigos, incluindo as de origem a partir da Internet, são misturados com as próprias palavras e fases sem reconhecer o autor do artigo fonte.

No caso do Conselho Editorial tomar conhecimento do cometimento de plágio, um relatório será enviado ao autor correspondente para seu conhecimento e defesa.

Se o cometimento de plágio for confirmado, os autores do artigo impugnado serão convidados a pagar a taxa de R$ 500,00 (quinhentos reais) por plágio (Taxa de Penalização de Plágio).

Erros fundamentais em trabalhos publicados


Quando o autor descobrir erro ou imprecisão significativo em seu próprio artigo publicado, é sua obrigação notificar imediatamente o editor da revista para retratar ou corrigir o artigo na forma de errata ou corrigenda.

No caso, o artigo será alterado de modo a indicar a retração e na próxima edição será informada a retração.

Política de retração


Os artigos podem ser recolhidos ou retirados pelos seus autores, patrocinador acadêmico ou institucional, editor ou editora, por causa de erro generalizado ou dados infundados ou irreproduzíveis.

As infrações ao Código de Ética Profissional, como a submissão múltipla, falsas reivindicações de autoria, plágio, uso fraudulento de dados ou semelhantes, também irão resultar em retratação.

Será solicitado a todos os autores do artigo a concordância com a retração. Nos casos em que algum(ns) autor(es) recuse(m) a assinar a retratação, os editores reservam-se o direito de publicar a retratação com o (s) autor(es) dissidente(s) identificado(s).

Cópia impressa


Sendo uma revista exclusivamente on-line, nenhuma cópia impressa da revista ou de artigos será enviada para o autor(es). Os autores dos artigos serão avisados, via correio eletrônico quando o número da revista estiver disponível e os autores podem tirar impressões e também distribuir os seus artigos apenas para uso não-comercial. Para uso comercial os autores deverão solicitar a permissão da Ecogestão Brasil.